Busca avançada

Reconhecimento parental em abelhas sociais neotropicais (hymenoptera: apinae, meliponini): uma analise dos mediadores ecologicos, quimicos e geneticos.

Processo: 05/58510-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Ronaldo Zucchi
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Assunto(s):Hidrocarbonetos cuticulares   Meliponini

Resumo

A capacidade de discriminação entre indivíduos mais ou menos relacionados é de fundamental importância na teoria de Hamilton da Seleção Parental. Além disso, tal capacidade apresenta um papel decisivo na manutenção da integridade de ninho de insetos sociais, sendo decisivo na proteção contra predadores e parasitas. Esses insetos utilizam-se do olfato no reconhecimento, sendo os hidrocarbonetos presentes na cutícula dos indivíduos os responsáveis por mediação. Nos diversos grupos de insetos sociais a origem das pistas de reconhecimento pode de ser de diversas fontes distintas, existindo tanto uma origem endógena quanto uma origem exógena. As pistas de origem endógena são determinadas geneticamente, sendo fundamentais na discriminação entre irmãs completas e meio-irmãs em operárias de abelhas do gênero Apis, por exemplo. As pistas exógenas, por sua vez, podem provir de materiais de construção do ninho, alimentos ou da rainha. Apesar de existir uma grande literatura a respeito dessa aquisição em formigas, cupins, abelhas do gênero Apis e abelhas solitárias, nada é conhecido em abelhas da subfamilia Meliponinae. Dessa forma, o presente projeto tem como principais objetivos a investigação das possíveis origens das pistas utilizadas no reconhecimento em meliponíneos. Utilizando-se, para tal, de testes comportamentais e comparações com análises químicas dos compostos presentes na cutícula dos indivíduos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES, TULIO M.; MATEUS, SIDNEI; TURATTI, IZABEL C.; MORGAN, E. DAVID; ZUCCHI, RONALDO. Nestmate recognition in the stingless bee Frieseomelitta varia (Hymenoptera, Apidae, Meliponini): sources of chemical signals. ANIMAL BEHAVIOUR, v. 81, n. 2, p. 463-467, FEB 2011. Citações Web of Science: 14.
NUNES, TULIO M.; TURATTI, IZABEL C. C.; LOPES, NORBERTO P.; ZUCCHI, RONALDO. Chemical Signals in the Stingless Bee, Frieseomelitta varia, Indicate Caste, Gender, Age, and Reproductive Status. Journal of Chemical Ecology, v. 35, n. 10, p. 1172-1180, OCT 2009. Citações Web of Science: 16.
NUNES, T. M.; TURATTI, I. C. C.; MATEUS, S.; NASCIMENTO, F. S.; LOPES, N. P.; ZUCCHI, R. Cuticular hydrocarbons in the stingless bee Schwarziana quadripunctata (Hymenoptera, Apidae, Meliponini): differences between colonies, castes and age. Genetics and Molecular Research, v. 8, n. 2, p. 589-595, 2009. Citações Web of Science: 32.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TÚLIO MARCOS NUNES. Reconhecimento parental em abelhas eussociais Neotropicais (Hymenoptera: Apinae, Meliponini): uma análise dos mediadores químicos e seus determinantes em Frieseomelitta varia. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.