Auxílio à pesquisa 16/12899-6 - Epigenômica, Análise funcional - BV FAPESP
Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genômica, epigenômica e farmacogenômica de portadores de hipercolesterolemia familial na população brasileira

Processo: 16/12899-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de março de 2018 - 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Mario Hiroyuki Hirata
Beneficiário:Mario Hiroyuki Hirata
Instituição-sede: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC). Fundação Adib Jatene (FAJ). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Dorotéia Rossi Silva Souza ; Patricia Moriel
Pesq. associados:Alexandre da Costa Pereira ; Amanda Guerra de Moraes Rego Souza ; André Arpad Faludi ; André Ducati Luchessi ; Andrei Carvalho Sposito ; Augusto Ducati Luchessi ; Emilio Hideyuki Moriguchi ; Marcelo Chiara Bertolami ; Renata Gorjao ; Rosario Dominguez Crespo Hirata ; Tania Cristina Pithon Curi ; Vivian Nogueira Silbiger
Bolsa(s) vinculada(s):18/11966-7 - Elaboração de bibliotecas para o sequenciamento de alto rendimento e análises primárias dos dados, BP.TT
Assunto(s):Epigenômica  Análise funcional  Biologia molecular  Farmacologia  Genômica  Hipercolesterolemia  Sequenciamento genético 

Resumo

A hipercolesterolemia familial (HF) é uma doença autossômica dominante com bases genéticas ainda não totalmente esclarecidas. O presente estudo propõe a análise genômica, epigenômica e farmacogenômica de portadores de HF monogênica e poligênica. Serão recrutados pacientes com HF diagnosticada fenotipicamente, em seis centros de pesquisa de diferentes regiões do Brasil. Os métodos utilizados incluem: (i) ultrassequenciamento dos principais genes relacionados à HF e outras dislipidemias primárias utilizando o equipamento MiSeq (Illumina); (ii) análise funcional de novas variantes nos genes LDLR, APOB e PCSK9 por citometria de fluxo, com estudo de interação com receptores de LDL em linfócitos primários e com estudo de mutagênese dirigida utilizando CRISPR/Cas9 em células HepG2 e HUVEC; (iii) perfil de expressão diferencial de miRNAs circulantes em amostras de plasma por PCR array; (iv) perfil de metilação dos genes LDLR, APOB e PCSK9 em leucócitos por pirossequenciamento; (v) análise farmacogenômica incluindo genes envolvidos no metabolismo e na resposta a hipolipemiantes. As análises de bioinformática serão realizadas utilizando-se os programas MiSeq Reporter e CLC Genomic Workbench. Este estudo é pioneiro no país e a sua realização na população brasileira, altamente miscigenada, é inovadora e desafiadora. Os resultados deste estudo visam contribuir para o conhecimento das bases moleculares da HF, fornecer elementos para direcionamento no diagnóstico genético e na terapia personalizada de pacientes afetados, e possibilitar a criação de um banco nacional de dados genômicos que auxilie na orientação da conduta diagnóstica molecular para pacientes com fenótipo HF e seus familiares. Contribuirá para a formação de recursos humanos, consolidação da pesquisa e integração das instituições envolvidas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-doutorado em Farmacogenômica com bolsa da FAPESP  
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.