Busca avançada

Integrando dados morfológicos e moleculares no estudo taxonômico e filogenético do peixe miniatura Priocharax Weitzman & Vari (Teleostei, Characiformes, Characidae)

Processo: 17/01970-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:George Mendes Taliaferro Mattox
Beneficiário:
Instituição-sede: Centro de Ciências Humanas e Biológicas (CCHB). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba, SP, Brasil
Pesq. associados:Claudio de Oliveira ; Manoela Maria Marinho Koh ; Mônica de Toledo Piza Ragazzo ; Ralf Britz
Assunto(s):Biodiversidade  Ictiologia  Amazônia  Evolução biológica  Região neotropical  Peixes de água doce  Miniaturização 

Resumo

A região Neotropical abriga a ictiofauna de água doce mais diversa do planeta, com muitas formas diminutas. Peixes miniatura são aqueles cujos adultos não ultrapassam 26 mm de comprimento padrão e incluem mais de 210 espécies neotropicais, um terço na família Characidae. Priocharax é um gênero da Amazônia com três dos menores caracídeos conhecidos, caracterizado principalmente pela retenção da nadadeira peitoral larval nos adultos. Foi proposto como proximamente relacionado à subfamília Heterocharacinae, porém as relações entre os gêneros dessa subfamília ainda precisam ser testadas à luz de novas evidências, incluindo abordagem molecular. Amostras de Priocharax em coleções aumentaram consideravelmente, revelando novos registros e variações morfológicas que permitem reconhecer espécies adicionais não descritas. No entanto, devido à fragilidade deste material, exemplares recém-coletados e fixados de forma adequada são necessários para se proceder a um estudo detalhado de sua morfologia uma vez que material antigo, depositado em museus, geralmente perde escamas, colorido e descalcificam-se, dificultando uma abordagem morfológica detalhada. Proponho aqui sete expedições a localidades de reconhecido registro do gênero visando obtenção de material fixado adequadamente para osteologia e morfologia externa, compilação de um banco de tecidos das espécies, além de registros fotográficos dos exemplares vivos e suas localidades. As amostras de tecido serão incorporadas ao material já disponível, permitindo um estudo utilizando código-de-barras de DNA para complementar o estudo taxonômico, e uma abordagem utilizando seis marcadores moleculares para se estudar as relações intra- e intergenéricas de Priocharax. (AU)