Busca avançada

Pesquisas interdisciplinares em redes inteligentes de energia elétrica

Processo: 16/08645-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica
Pesquisador responsável:Jose Antenor Pomilio
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Christiano Lyra Filho ; Ernesto Ruppert Filho ; Fernando Pinhabel Marafão ; João Bosco Ribeiro do Val
Pesq. associados:Christian Rodolfo Esteve Rothenberg ; Daniel Dotta ; Eduardo Paciência Godoy ; Flávio Alessandro Serrão Gonçalves ; Helmo Kelis Morales Paredes ; Leonardo de Souza Mendes ; Marcelo Gradella Villalva ; Paulo Augusto Valente Ferreira ; Walmir de Freitas Filho
Auxílios(s) vinculado(s):17/16863-9 - 14th Brazilian Power Electronics Conference - COBEP 2017, AR.BR
Bolsa(s) vinculada(s):17/10476-3 - Desenvolvimento de metodologias para integração em sistemas de gestão da distribuição na presença de fontes distribuídas de energia e medidores inteligentes, BP.DR
Assunto(s):Qualidade da energia elétrica  Eletrônica de potência  Internet das coisas  Geração de energia elétrica  Geração distribuída 

Resumo

Este projeto visa realizar pesquisas avançadas na área de redes inteligentes de eletricidade, com foco em redes de distribuição de energia. Trata-se de tema de grande atualidade e importância econômica e ambiental, com intrínseca característica interdisciplinar. A efetiva realização de uma rede inteligente de energia elétrica depende da forte interação entre pesquisas na área de sistemas de potência, fontes alternativas de energia, eletrônica de potência, sistemas de controle em rede, otimização, redes de comunicação e informação. Esta proposta reúne pesquisadores qualificados em todas estas áreas. Além disto, para que seja possível o avanço do conhecimento, busca-se criar um ambiente laboratorial no qual se possam realizar imprescindíveis verificações experimentais que sucedam estudos teóricos e computacionais e antecedam aplicações de campo. Tal ambiente deve contar com fontes e cargas programáveis, bem como deve reproduzir cenários típicos de redes de distribuição de baixa tensão. Além de servir como ambiente de atividades acadêmicas, pretende-se que este ambiente seja aberto para outros usuários, especialmente empresas e instituições de pesquisa das regiões de Campinas e Sorocaba, muitas das quais atuando de forma muito intensa na área de redes inteligentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Oportunidade de pós-doutorado em Engenharia Elétrica na Unicamp com Bolsa da FAPESP