Busca avançada

Influência dos parâmetros de retificação na fabricação de insertos de metal duro sobre seu desempenho no torneamento de uma liga de titânio

Processo: 15/15622-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de maio de 2017 - 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Carlos Eiji Hirata Ventura
Beneficiário:
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesq. associados:Armando Ítalo Sette Antonialli
Assunto(s):Ferramentas de corte  Retificação  Usinagem  Metais  Ligas de titânio 

Resumo

Após a sinterização, o inserto de metal duro é retificado, a fim de se melhorar a integridade das arestas e das superfícies de saída e de folga. A importância deste passo na cadeia de fabricação de insertos de metal duro está ligada à influência da rugosidade dessas superfícies sobre o atrito na região de corte e à redução da vida da ferramenta devido aos lascamentos na aresta. Tensões residuais também devem ser consideradas, pois alteram as propriedades da camada superficial do inserto, podendo causar redução de sua resistência e eventual falha. O controle dessas características pode ser feito a partir da escolha apropriada dos parâmetros e ferramenta de retificação. Assim, um estudo detalhado da influência destes fatores sobre o desempenho do inserto se torna importante, de modo a se adequar o processo de fabricação e aumentar a vida útil da ferramenta. Com isso, o presente projeto tem como objetivo a determinação das condições de retificação ideais para a maximização da vida da ferramenta em sua aplicação no processo de torneamento de uma liga de titânio para uso médico, tendo em vista as dificuldades de se usinar esse tipo de material. Nesse contexto, serão investigadas as causas para os resultados obtidos dos processos de retificação e torneamento por meio da caracterização do inserto após a retificação, levando-se em conta tensão residual, rugosidade superficial e de aresta, formação de trincas, microestrutura resultante e composição. Ao final do projeto, informações adicionais para o correto planejamento do processo de retificação de insertos de metal duro devem ser obtidas. (AU)