Busca avançada
Ano de início
Entree

Deep learning e redes complexas aplicados em visão computacional

Processo: 16/18809-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: IBM Brasil
Pesquisador responsável:Odemir Martinez Bruno
Beneficiário:Odemir Martinez Bruno
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Empresa: IBM Brasil - Indústria, Máquinas e Serviços Ltda
Pesq. associados:Alexandre Souto Martinez ; Joao Batista Florindo
Assunto(s):Visão computacional  Reconhecimento de padrões  Redes complexas  Big data 

Resumo

Redes têm sido usadas com sucesso em muitas áreas do conhecimento, abrangendo praticamente todos os campos da ciência. A principal razão por trás do crescente interesse em redes reside no fato de que elas mostram uma perspectiva diferente das análises de dados tradicionais. Durante séculos, o paradigma de pesquisa científica foi governado por uma abordagem reducionista. Os avanços científicos e tecnológicos aumentaram a quantidade de dados e também incentivaram o desenvolvimento de computadores poderosos, que são capazes de processar e armazenar essa enorme quantidade de dados. Neste cenário, muitas vezes chamado de ''big data'', exige o desenvolvimento de um paradigma integrador da ciência, que é, naturalmente, abordado por redes. Durante as últimas décadas, Reconhecimento de Padrões (RP) tem sido amplamente utilizado em ambas ciências: aplicadas e fundamentais. Notavelmente, a maior parte das aplicações de RP trata de uma grande quantidade de dados, que são difíceis de manipular com a abordagem reducionista. A combinação de RP e redes surge como uma alternativa importante no cenário de big data para encontrar, identificar, analisar, e agrupar padrões que são inviáveis para lidar com outras abordagens. O reconhecimento de padrões em redes visa a caracterização das redes extraindo informações sobre a correlação entre vértices e sua relação com a topologia. Esta informação pode levar à compreensão de padrões de rede que estão intrinsecamente relacionados com o modelo de rede. Devido ao bom desempenho de tarefas de classificação e identificação, deep learning é um campo que atraiu a atenção de pesquisadores de big data e reconhecimento de padrões. Embora métodos de deep learning tem sido aplicados com sucesso em visão computacional e processamento de sinais, a combinação de deep learning e redes é algo muito recente, com muitos poucos trabalhos na literatura. No entanto, é uma pesquisa interessante e promissora. A proposta deste projeto é combinar as redes e deep learning para fins de reconhecimento de padrões em visão computacional. Na última década, o grupo proponente tem desenvolvido métodos para visão de computacional em vários problemas e obteve resultados muito bons com os métodos baseados em redes complexas. Desta forma, escolhemos a visão computacional como um caso de estudo da abordagem proposta: a combinação de deep learning e redes. Na visão computacional, três problemas específicos serão investigados: textura estática, textura dinâmica e análise de contorno de formas. Os resultados obtidos, podem ser usados imediatamente para visão computacional e tem potencial para ser estendido para qualquer aplicação que modela os dados como rede e exigi uma boa abordagem de reconhecimento de padrões. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Elevada produtividade 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.