Busca avançada
Ano de início
Entree

Componentes da biodiversidade, e seus caracteres metabólicos, de ilhas do Brasil - uma abordagem integrada

Processo: 13/50228-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Beneficiário:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisadores principais:André Gustavo Tempone Cardoso ; Edson Rodrigues Filho
Auxílios(s) vinculado(s):15/50075-2 - Brazilian biodiversity as a source for novel drug scaffolds against neglected protozoan diseases, AP.R
15/01017-0 - EMU concedido no âmbito do projeto aprovado 2013/50228-8, nome do equipamento: uPLC-HRMS (cromatógrafo líquido de ultra resolução acoplado com espectrômetro de massas de alta resolução), AP.EMU
Bolsa(s) vinculada(s):15/02820-0 - Synthesis of antileishmanial and antiChagas agents for drug prototypal development, BP.PD
14/17616-7 - Caracterização filogenética e funcional de comunidades microbianas de esponjas que apresentam alcalóides bromopirrólicos e caracterização de clusters gênicos que incluem peptídeo sintetases não-ribossomais (NRPS), BP.PD
Assunto(s):Metabolômica  Biodiversidade  Micro-organismos aquáticos  Produtos naturais  Ilhas 

Resumo

A diversidade de espécies marinhas das ilhas do Brasil é ainda bastante desconhecida, e o seu estudo é necessário, e deve ser realizado conjuntamente com atividades sustentadas de bioprospecção. Desta forma, o presente projeto objetiva responder quatro perguntas: 1. Macro-organismos de diferentes grupos biológicos encontrados em ilhas do Brasil apresentam um padrão distinto de ocorrência ou de distribuição do que na região costeira? 2. Micro-organismos associados a invertebrados e micro-organismos endofíticos de plantas de ilhas, apresentam uma ocorrência de espécies diferente daquela observada em ambientes costeiros? 3. Dentre os macro- e micro-organismos que serão investigados, seus metabolitos secundários e enzimas apresentariam características únicas em organismos presentes em ilhas e arquipélagos, devido ao relativo isolamento geográfico destas espécies, ou apresentam relações biogenéticas similares com caracteres bioquímicos de espécies correlatas encontradas no litoral? 4. A frequência com que macro-organismos marinhos e micro-organismos, endofíticos de ilhas que apresentam substâncias bioativos(as) é maior do que organismos do continente ou oriundos da costa? Serão realizados levantamentos faunísticos associados a estudos de biodiversidade, taxonomia, filogeografia, bioprospecção, microbiologia e análises metagenômicas, objetivando: o levantamento e descrição de espécies de invertebrados em locais ainda pouco conhecidos; o isolamento de linhagens microbianas "exóticas": a obtenção de metabolitos bioativos inéditos, utilizando-se de ferramentas de desreplicação e de metabolômica (UPLC-UV-MS/MS); o estudo de casos específicos de interação micro-organismo/macro-organismo que fazendo uso de técnicas de metagenoma associada à metabolômica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Rede Nacional de Pesquisa em Biotecnologia Marinha é criada 
Antigas e muito valiosas 
Pós-Doutorado em Química Orgânica com Bolsa da FAPESP  
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.