Busca avançada

Diagnóstico e análise da evolução diária das ilhas de calor urbanas em cidades de porte médio nos climas tropical e temperado

Processo: 14/16350-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente, SP, Brasil
Pesq. associados:João Lima Sant'Anna Neto ; João Osvaldo Rodrigues Nunes ; Vincent Dubreuil
Bolsa(s) vinculada(s):14/22976-2 - Diagnóstico e análise da evolução diária das ilhas de calor urbanas em cidades de porte médio nos climas tropical e temperado, BP.TT
Assunto(s):Microclima urbano  Temperatura do ar  Ilhas de calor  Clima tropical  Clima temperado 

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo desenvolver metodologia para diagnosticar e analisar a evolução diária da magnitude e intensidade das ilhas de calor urbanas em cidades de porte médio no clima tropical e temperado, levando-se em consideração as características da superfície e dos sistemas atmosféricos atuantes. Para isso serão utilizados registradores automáticos de temperatura e umidade e imagens térmicas do satélite Landsat 8 em duas cidades de porte médio com características climáticas diferentes: Presidente Prudente (Brasil) e Rennes (França). Inicialmente serão capturadas imagens do canal termal do satélite Landsat 8 disponíveis gratuitamente no site http://earthexplorer.usgs.gov/ e gerados mapas das temperaturas superficiais para se diagnosticar as ilhas de calor superficiais. Com base nesses mapas e em trabalhos de campo, será elaborado um banco de dados com as características geoambientais e urbanas das áreas com as maiores e as menores temperaturas diagnosticadas nas cartas termais que servirão de base para a instalação dos sensores de temperatura e umidade do ar. Esse procedimento será realizado em Presidente Prudente, porque em Rennes há 20 estações meteorológicas já instaladas e será feita a caracterização das áreas. Serão registrados os elementos temperatura e umidade por seis meses em Presidente Prudente e em Rennes e realizadas análises estatísticas para se verificar a evolução e manutenção das ilhas de calor atmosféricas em ambientes tropical e temperado de acordo com os sistemas atmosféricos atuantes.Pretende-se, portanto, partir das imagens de satélite que nos fornece a temperatura dos alvos no momento de sua captura, para a instalação dos sensores de temperatura e umidade do ar e monitorar o padrão que se estabelece em termos de aumento ou de diminuição da temperatura do ar no decorrer do dia considerando-se as características dos pontos. Dessa forma, a associação desses dois procedimentos (medição em pontos fixos e sensoriamento remoto no infravermelho termal) auxiliarão no conhecimento mais detalhado dos ambientes urbanos, pois possibilitarão a identificação dos locais nas cidades que se apresentam mais aquecidos e qual a capacidade desses materiais em aquecer o ar por meio da radiação superficial em ondas longas e manter ou não esses ambientes com temperaturas elevadas durante as 24 horas do dia, já que as imagens do satélite são capturadas apenas às 10h24 (horário local) e não se tem informações da temperatura dos alvos em outros horários.O desenvolvimento dessa pesquisa nos permitirá aprofundar conhecimentos teórico-metodológicos, consolidar propostas para a melhoria da qualidade ambiental urbana e orientar pesquisas em nível de pós-graduação e graduação sobre esta temática. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Conquista do Oeste