Busca avançada

Origem evolutiva das redes regulatórias da segmentação cardíaca em câmaras de influxo e efluxo

Processo: 13/22695-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2014 - 30 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Embriologia
Pesquisador responsável:José Xavier Neto
Beneficiário:
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Pesq. associados:Adriana Franco Paes Leme ; Ana Carolina Migliorini Figueira ; Angela Maria Sousa Costa ; Carolina Fernanda Manfredi Zambon Clemente ; Daniela Barretto Barbosa Trivella ; Hozana Andrade Castillo ; Paulo Sergio Lopes de Oliveira
Assunto(s):Átrios do coração  Ácido retinoico  Embriogênese 

Resumo

Previamente determinamos que a sinalização pelo ácido retinóico (AR) sintetizado pela enzima ALDH1A2/RALDH2 é chave para a partição do coração entre unidades de influxo (átrios) e efluxo (ventrículos) em vertebrados amniotos. As propostas deste projeto são: 1) investigar o controverso papel da sinalização pelo AR em peixes teleósteos para definir se a sinalização via AR é, ou não, um mecanismo ancestral para a partição dos domínios de influxo/efluxo do coração de todos os vertebrados; 2) definir a origem dos mecanismos de sinalização atrial que operam sobre o gene Slow Myosin Heavy Chain III (SMyHC III) e caracterizar as redes regulatórias do desenvolvimento atrial; 3) estabelecer as relações entre estrutura e função das diversas aldeído desidrogenases (ALDHs) dos animais cordados invertebrados Branchiostoma floridae e Ciona intestinalis, para caracterizar a transição das ALDHs entre funções de detoxificação e sinalização (via produção de AR) e assim compreender a origem evolutiva dos sinais utilizados na segmentação do coração de vertebrados entre unidades de influxo e efluxo. Os maiores desafios são: a) Utilizar todo o potencial do modelo peixe-zebra (Danio rerio) para entender a segmentação cardíaca em influxo/efluxo; b) Dominar a abordagem proteômica do desenvolvimento e c) Instalar a experiência para expressão e análise bioquímica de ALDHs. Nossas entregas incluem: oferecimento de uma estrutura para o uso do peixe-zebra como modelo, a publicação de artigos científicos originais e de revisão, treinamento em nível de pós-graduação e difusão de conhecimentos através de participações em congressos e eventos de treinamento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Zika no início da gravidez é mais perigosa 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Zika no início da gravidez 
Zika no início da gravidez é mais perigosa 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
XAVIER-NETO, JOSE; CARVALHO, MURILO; PASCOALINO, BRUNO DOS SANTOS; CARDOSO, ALISSON CAMPOS; SOUSA COSTA, ANGELA MARIA; MACEDO PEREIRA, ANA HELENA; SANTOS, LUANA NUNES; SAITO, ANGELA; MARQUES, RAFAEL ELIAS; COSTA SMETANA, JULIANA HELENA; CONSONNI, SILVIO ROBERTO; BANDEIRA, CARLA; COSTA, VIVIAN VASCONCELOS; BAJGELMAN, MARCIO CHAIM; LOPES DE OLIVEIRA, PAULO SERGIO; CORDEIRO, MARLI TENORIO; VEGA GONZALES GIL, LAURA HELENA; PAULETTI, BIANCA ALVES; GRANATO, DANIELA CAMPOS; PAES LEME, ADRIANA FRANCO; FREITAS-JUNIOR, LUCIO; MORAES HOLANDA DE FREITAS, CAROLINA BORSOI; TEIXEIRA, MAURO MARTINS; BEVILACQUA, ESTELA; FRANCHINI, KLEBER. Hydrocephalus and arthrogryposis in an immunocompetent mouse model of ZIKA teratogeny: A developmental study. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 11, n. 2 FEB 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.