Busca avançada

O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados à evasão

Processo: 14/04684-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de setembro de 2014 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesq. associados:Djalma de Souza Lima Júnior ; Juliana Issa Hori ; Larissa Dias da Cunha
Auxílios(s) vinculado(s):14/17660-6 - Equipamento multiusuário concedido no processo 14/04684-4: aparelho SpectraMax i3 plataforma multifuncional e SpectraMax minimax, AP.EMU
Bolsa(s) vinculada(s):17/16355-3 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão., BP.TT
17/16260-2 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão., BP.TT
17/04242-0 - Identificação de novas moléculas de macrófagos envolvidas na ativação de inflamassomas por patógenos intracelulares, BP.DD
+ mais bolsas vinculadas 17/04243-6 - Investigação do papel das amastinas na ativação do inflamassoma e na translocação de moléculas de Leishmania para o citoplasma de macrófagos, BP.MS
16/24275-7 - Identificação de proteínas de Coxiella burnetii envolvidas na modulação da ativação do inflamassoma e em vias de sinalização intracelular em macrófagos, BP.DD
16/12418-8 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão, BP.TT
16/01794-9 - Investigação da ação da rapamicina no controle da infecção por Leishmania amazonensis em macrófagos murinos e in vivo, BP.MS
16/00494-1 - Indução de autofagia via receptores da imunidade inata na infecção por Leishmania sp, BP.PD
15/25404-2 - Papel do vírus de RNA (LRV1-4) presente na cepa M4147 de Leishmania guyanensis na modulação da resposta imune inata, BP.DD
16/03525-5 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão., BP.TT
15/24640-4 - Identificação de proteínas envolvidas na montagem e ativação do inflamassoma de NLRC4 em resposta à infecção por Leishmania (L) amazonensis, BP.PD
15/23434-1 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão., BP.TT
15/10378-6 - O papel dos inflamassomas no controle e na patogênese da leishmaniose causada por Leishmania amazonensis e sua relação com a gravidade da doença em hospedeiros com fundo genético susceptível ou resistente, BP.DR
15/09705-2 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados a evasão, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Caspase 1  Coxiella burnetii  Legionella pneumophila  Imunidade natural  Leishmania 

Resumo

Coxiella burnetii, Legionella pneumophila e espécies de Leishmania são patógenos intracelulares que são agentes etiológicos de importantes infecções em humanos. Esses patógenos sobrevivem e se replicam em macrófagos e monócitos, no interior de vacúolos com características fagolisossomais. Assim, são altamente adaptados a subverter as funções celulares para possibilitar a replicação intracelular. Os mecanismos relacionados à detecção desses organismos pelo sistema imune inato e subversão das funções celulares por esses patógenos são pouco conhecidos. Nós demonstramos anteriormente que o inflamassoma é ativado em resposta a Leishmania e a L. pneumophila, mas verificamos que essas plataformas não são ativadas em macrófagos infectados por C. burnetii, um processo ativamente regulado pela bactéria (dados não publicados). Dados preliminares indicam que a inibição da ativação do inflamassoma por C. burnetii ocorre em um processo dependente de uma nova proteína bacteriana que denominamos IcaA (do inglês, Inhibition of Caspase Activation). No presente projeto de pesquisa, pretendemos investigar, caracterizar e determinar os mecanismos moleculares pelos quais o inflamassoma é ativado em resposta à infecção por esses patógenos e compreender os mecanismos pelos quais IcaA inibe a ativação do inflamassoma. Finalmente, pretendemos desenvolver e caracterizar um modelo experimental que utiliza macrófagos alveolares primários de camundongos para avaliar a importância de componentes da imunidade inata (incluindo os inflamassomas) no controle da replicação microbiana em macrófagos. Os resultados gerados devem contribuir significativamente para nossa compreensão acerca da biologia e resposta contra esses organismos patogênicos. Adicionalmente, a identificação de novas moléculas biológicas que inibem o inflamassoma pode gerar subsídio para o desenvolvimento de futuras terapias para doenças causadas pela ativação constitutiva do inflamassoma como gota, diabetes do tipo 2 e Alzheimer. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Estudo ajuda a entender como as células de defesa combatem bactérias 
Proteína bacteriana que inibe a resposta inflamatória é identificada 

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MASCARENHAS, DANIELLE P. A.; ZAMBONI, DARIO S. Inflammasome biology taught by Legionella pneumophila. Journal of Leukocyte Biology, v. 101, n. 4, p. 841-849, APR 2017. Citações Web of Science: 0.
MASSIS, LILIANA M.; ASSIS-MARQUES, MARIANA A.; CASTANHEIRA, FERNANDA V. S.; CAPOBIANCO, YASMIN J.; BALESTRA, ANDIAMIRA C.; ESCOLL, PEDRO; WOOD, REBECCA E.; MANIN, GRAZIELE Z.; CORREA, VANI M. A.; ALVES-FILHO, JOSE C.; CUNHA, FERNANDO Q.; BUCHRIESER, CARMEN; BORGES, MARCOS C.; NEWTON, HAYLEY J.; ZAMBONI, DARIO S. Legionella longbeachae Is Immunologically Silent and Highly Virulent In Vivo. Journal of Infectious Diseases, v. 215, n. 3, p. 440-451, FEB 1 2017. Citações Web of Science: 1.
FERNANDES, TALITA D.; CUNHA, LARISSA D.; RIBEIRO, JULIANA M.; MASSIS, LILIANA M.; LIMA-JUNIOR, DJALMA S.; NEWTON, HAYLEY J.; ZAMBONI, DARIO S. Murine Alveolar Macrophages Are Highly Susceptible to Replication of Coxiella burnetii Phase II In Vitro. Infection and Immunity, v. 84, n. 9, p. 2439-2448, SEP 2016. Citações Web of Science: 1.
ZOCCAL, KARINA F.; SORGI, CARLOS A.; HORI, JULIANA I.; PAULA-SILVA, FRANCISCO W. G.; ARANTES, ELIANE C.; SEREZANI, CARLOS H.; ZAMBONI, DARIO S.; FACCIOLI, LUCIA H. Opposing roles of LTB4 and PGE(2) in regulating the inflammasome-dependent scorpion venom-induced mortality. NATURE COMMUNICATIONS, v. 7, FEB 2016. Citações Web of Science: 9.
CUNHA, LARISSA D.; RIBEIRO, JULIANA M.; FERNANDES, TALITA D.; MASSIS, LILIANA M.; KHOO, CHEN AI; MOFFATT, JENNIFER H.; NEWTON, HAYLEY J.; ROY, CRAIG R.; ZAMBONI, DARIO S. Inhibition of inflammasome activation by Coxiella burnetii type IV secretion system effector IcaA. NATURE COMMUNICATIONS, v. 6, DEC 2015. Citações Web of Science: 14.
CERQUEIRA, DAIANE M.; PEREIRA, MARCELO S. F.; SILVA, ALEXANDRE L. N.; CUNHA, LARISSA D.; ZAMBONI, DARIO S. Caspase-1 but Not Caspase-11 Is Required for NLRC4-Mediated Pyroptosis and Restriction of Infection by Flagellated Legionella Species in Mouse Macrophages and In Vivo. JOURNAL OF IMMUNOLOGY, v. 195, n. 5, p. 2303-2311, SEP 1 2015. Citações Web of Science: 20.
ZAMBONI, DARIO S.; LIMA-JUNIOR, DJALMA S. Inflammasomes in host response to protozoan parasites. IMMUNOLOGICAL REVIEWS, v. 265, n. 1, SI, p. 156-171, MAY 2015. Citações Web of Science: 13.
MASCARENHAS, DANIELLE P. A.; PEREIRA, MARCELO S. F.; MANIN, GRAZIELE Z.; HORI, JULIANA I.; ZAMBONI, DARIO S. Interleukin 1 Receptor-Driven Neutrophil Recruitment Accounts to MyD88-Dependent Pulmonary Clearance of Legionella pneumophila Infection In Vivo. Journal of Infectious Diseases, v. 211, n. 2, p. 322-330, JAN 15 2015. Citações Web of Science: 9.
CUNHA, LARISSA D.; ZAMBONI, DARIO S. Recognition of Legionella pneumophila nucleic acids by innate immune receptors. Microbes and Infection, v. 16, n. 12, SI, p. 985-990, DEC 2014. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.