Busca avançada

Associação de PRRs com receptores para mediadores lipídicos em macrófagos e células dendríticas

Processo: 13/15719-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2014 - 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Sônia Jancar
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Paula Lepique ; Carlos Henrique Cardoso Serezani ; Francisco José Oliveira Rios ; Jeffrey Bryant Travers ; Roger Chammas
Bolsa(s) vinculada(s):14/21175-6 - O leucotrieno B4 nas células dendríticas: impacto na resposta imune no Diabetes tipo 1, BP.PD
14/17852-2 - A sinalização mediada pelo receptor de PAF como fator limitante da quimioterapia antitumoral: avaliação da resposta imune e do microambiente tumoral, BP.PD
14/17407-9 - Programas moleculares envolvidos no equilíbrio da expressão de SOCS-1/MyD88 em macrófagos de diabéticos e consequência na resposta à infecção, BP.PD
Assunto(s):Macrófagos  Células dendríticas  Leucotrienos  Diabetes mellitus  Neoplasias 

Resumo

Macrófagos e células dendríticas apresentam receptores de membrana (PRRs) que reconhecem estruturas microbianas, a família de receptores toll-like sendo os receptores prototípicos deste grupo. Outro grupo de PRRs reconhece moléculas e células próprias alteradas tais como lipídeos oxidados e células mortas e, deste grupo, o CD36 é o receptor mais estudado. A estimulação destes receptores induz a síntese imediata de mediadores lipídicos (prostaglandinas, leucotrienos e PAF), transcrição de genes para citocinas e outros, culminando em uma resposta celular. Nossa hipótese de trabalho é que a ativação autócrina de receptores para mediadores lipídicos em associação com a ativação de PRRs modifica o fenótipo de macrófagos e células dendríticas, com importantes consequências em infecção, crescimento tumoral e remoção de células alteradas. No presente estudo nos propomos a investigar o efeito da associação: a) PAFR/CD36 nas células do microambiente tumoral; b) PAFR/CD36 na imunossupressão associada a tumores; c) PAFR/CD36 na resposta de tumores a quimioterapia e irradiação; d) PAFR/TLR4 em células dendríticas e na resposta imune in vivo; e) PAFR e receptor para LTB4 com os vários TLRs no fenótipo de macrófagos; f) receptor para LTB4/TLR4 em macrófagos e seu efeito na inflamação e resistência a infecção em diabéticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Grupo da USP propõe nova estratégia terapêutica para o tratamento do câncer 
Estudo pode ajudar a prevenir e tratar sepse em diabéticos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FILGUEIRAS, LUCIANO RIBEIRO; KOGA, MARIANNA MAINARDI; QUARESMA, PAULA G.; ISHIZUKA, EDSON KIYOTAKA; MONTES, MARLISE B. A.; PRADA, PATRICIA O.; SAAD, MARIO J.; JANCAR, SONIA; RIOS, FRANCISCO J. PAFR in adipose tissue macrophages is associated with anti-inflammatory phenotype and metabolic homoeostasis. Clinical Science, v. 130, n. 8, p. 601-612, APR 1 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.