FAPESP Logo

Processos sociais e ambientais que acompanham a construção da hidroelétrica de Belo Monte, Altamira, PA

Processo: 12/51465-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa SPEC
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Emilio Federico Moran
Beneficiário:
Instituição-sede: Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM). Coordenadoria de Centros e Núcleos Disciplinares (COCEN). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/02883-2 - "processos sociais e ambientais que acompanham a construçcao da hidroelétrica de Belo Monte, Altamira, pa", BP.PD
13/26105-3 - Processos sociais e ambientais que acompanham a construção da hidroelétrica de Belo Monte, Altamira, pa, BP.PD
13/26104-7 - Processos sociais e ambientais que acompanham a construção da hidroelétrica de Belo Monte, Altamira, pa, BP.PD
Assunto(s):

Ecologia humana

Mudança climática

Usinas hidrelétricas

Processo social

Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/science_of_the_amazon_36_80_81.pdf
Resumo
O objetivo geral desta pesquisa será examinar o impacto da hidroelétrica de Belo Monte e contribuir à área científica conhecida como ecologia humana. A pesquisa não representa um estudo de caso isolado, porque 147 barragens estão planejadas na Amazônia, 69 delas no Brasil e muitos países veem hidroelétricas como uma solução ao problema energético. Os temas a serem investigados representam desafios: como responder ao rápido aumento de doenças infecciosas, ao rápido aumento demográfico e a resultante carga sanitária, alimentícia e residencial; como responder com políticas adequadas as mudanças na disponibilidade de mão de obra, no uso da terra e nos fluxos de investimentos no setor urbano e rural; e como garantir o desenvolvimento da região em longo prazo. O projeto visa o uso de métodos inovativos como reentrevistas anuais via telefone celular, o uso de imagens de satélite de alta resolução para quantificar mudanças no uso da terra; e analisar processos demográficos nunca antes estudados neste contexto, tais como os investimentos dos trabalhadores da barragem na economia rural e urbana. Os resultados terão utilidade imediata para agências responsáveis em garantir o bem estar da população afetada, as quais têm mostrado muito interesse em participar nos estudos e de aplicar os resultados nas áreas de saúde e planejamento. (AU)
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
A missão de pensar o futuro da ciência
Repasse da FAPESP a projetos científicos ultrapassa R$ 1 bilhão

CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP