Busca avançada

Aplicação de coating cerâmico em superfícies metálicas

Processo: 04/08778-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2005 - 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Luiz Gustavo Pagotto Simões
Beneficiário:
Empresa:Nanox Tecnologia S/A
Município: São Carlos
Auxílios(s) vinculado(s):11/51084-4 - Escalonamento e implementação de controle de qualidade para produção de antimicrobianos nanoestruturados para aplicação em cerâmicas e plásticos, AP.PIPE3
Bolsa(s) vinculada(s):06/55030-8 - Aplicação de coatings nanoestruturados de AI2O3 e ZrO2 em tubos de fornos de craqueamento, BP.TT
05/00432-1 - Síntese e caracterização microestrutural e colorimétrica de coatings de Al2O3, TiO2 e ZrO2 obtidos pelo método dos precursores, BP.TT
04/15265-0 - Aplicação de coating cerâmico em superfícies metálicas, BP.PIPE
05/50596-0 - Avaliação das propriedades anti-abrasivas de coatings nanométricos de ZrO2 e Al2O3, BP.TT
05/50597-7 - Caracterização estrutural e microestrutural de coatings nanométricos de ZrO2, Al203 e TiO2, BP.TT
Assunto(s):Materiais cerâmicos  Filmes finos  Propriedades dos materiais 

Resumo

Nos últimos anos, o desenvolvimento de materiais cerâmicos nanoestruturados e de filmes finos tem aumentado progressivamente, com aplicações em coating na indústria automobilística e até na industria têxtil. Neste projeto, serão abordados aspectos fundamentais de síntese e processamento de materiais, bem como aspectos tecnológicos como propriedades ópticas, químicas e bactericidas. Pretende-se sintetizar pelo método dos precursores poliméricos o Zr02, Ti02 e AI203 (materiais cerâmicos) e depositar filmes finos por intermédio de dip coating com propriedades antiabrasivas, bactericidas e passivadoras. Esses coatings serão aplicados em superfícies metálicas, mais especificamente em aços. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia brasileira aumenta prazo de validade de alimentos 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia brasileira aumenta prazo de validade de alimentos 
Inovação em pequena escala