Busca avançada
Ano de início
Entree

Richard sylvan | department of philosophy the australian national university - Austrália

Processo: 93/03327-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 23 de agosto de 1994 - 23 de outubro de 1994
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Lógica
Pesquisador responsável:Jair Minoro Abe
Beneficiário:Jair Minoro Abe
Pesquisador visitante: Richard Sylvan
Inst. do pesquisador visitante: Australian National University (ANU), Austrália
Instituição-sede: Instituto de Estudos Avançados (IEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil

Resumo

1. Programa de trabalho. 1.1. Título: Aplicação da Lógica Paraconsistente à Ciência Descrição: A Lógica Paraconsistente tem se desenvolvido muito do ponto de vista teórico. No entanto, ela potencialmente encerra numerosas aplicações, em parte, já desenvolvidas. Assim, o pesquisador tenciona desenvolver os seguintes tópicos de natureza aplicada: 1. Lógica Paraconsistente e Informática: aplicações à programação lógica quando se tem sistemas de dados inconsistentes. Tratamento da formalização de teorias científicas que encerram contradições. Como no caso da Mecânica Quântica, em que se tem a dualidade onda-crepúsculo. Também se procurará explorar as relações entre paraconsistência e Ciências Sociais. 2. A lógica anotada nasceu de necessidades da Inteligência Artificial. "Todavia, nessa lógica são anotadas apenas as fórmulas atômicas. Procurar-se-á então generalizar o método de ano tação para fórmulas quaisquer. Feito isso, em nível de 1a. ordem, estudar-se-á o caso de lógicas de ordem superior. Uma das possíveis aplicações dessa generalização reside na Física, especialmente, na Mecânica Quântica. 2. O pesquisador ministrará, seminários e conferências sobre os te mas de pesquisa junto à Área de Lógica e Teoria da Ciência do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo e conferências também fora da USP. 3. O prof. Sylvan é reconhecidamente um cientista de elevado prestígio internacional e sua visita trará, sem dúvida, enriquecimento não só aos pesquisadores da Universidade de são Paulo como também de outras universidades. (AU)