FAPESP Logo

Impacto do Atlântico Sul na célula de circulação meridional e no clima

Processo: 11/50552-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Física
Convênio/Acordo: FACEPE - ANR
Pesquisador responsável:Edmo José Dias Campos
Beneficiário:
Pesquisador responsável no exterior: Sabrina Speich
Instituição no exterior: Université de Bretagne Occidentale (UBO), França
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Ilson Carlos Almeida da SIlveira ; Ilana Elazari Klein Coaracy Wainer
Auxílios(s) vinculado(s):14/50544-0 - Offshore oil platforms for ocean monitoring and testing (OOP-OMT), AP.R
Bolsa(s) vinculada(s):14/02225-2 - Conexões entre o Vazamento das Agulhas e o clima na América do Sul - estudo com modelo acoplado oceano-atmosfera, BP.DR
13/08572-3 - Trocas oceânicas inter-hemisféricas: conexões Trópico-Extratrópico no Atlântico Sul - análises de observações e resultados numéricos, BP.PD
11/23931-4 - Variabilidade da circulação de revolvimento meridional e do transporte de calor e sal no Atlântico Sul - análise de dados e resultados de modelos numéricos, BP.PD
Assunto(s):

Mudança climática

Transporte de calor

Circulação termohalina

Resumo
Este projeto tem diferentes propósitos no contexto de pesquisa internacional devotada a variabilidade e mudança climática. A mais relevante é desenvolver um sistema de monitoramento no Atlântico Sul, como parte de uma extensa parceria internacional, para dar continuidade a uma série de tempo iniciada em 2004, ao sul da África, e em 2008 na passagem de Drake e nos limites oeste e leste do Atlântico Sul. A meta principal é intensificar o presente esforço, através de um contexto coordenado mais amplo, com foco na determinação de um a rede observacional ótima para monitorar a circulação de revolvimento global no Atlântico Sul. Esse programa internacional tem sido denominado SAMOC (South Atlantic Meridional Overturninc Circulation). O SAMOC foi avaliado positivamente e endossado por vários painéis do CLIVAR e é suportado nos EUA pela NOAA e NSF. Na França tem sido suportado pelo IFREMER e CPER Région Bretagne e no Brasil é endossado pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas (INCT -MC). Observações e modelos indicam que variações na célula de revolvimento meridional (Meridional Overturning Cell- MOC) estão fortemente correlacionadas com importantes mudanças climáticas. Até a presente data, a maior parte das observações da MOC tem se concentrado no Atlântico Norte. Entretanto, resultados de modelos mostram que o Atlântico Sul não é apenas um condutor passivo de massas de água formadas em outras regiões. Por exemplo, o ''vazamento'' das Agulhas tem um impacto significativo sobre o Atlântico Sul e, consequentemente, nas zonas costeiras do Brasil. Sua influência chega até o Atlântico Norte, afetando a MOC global. Esses resultados realçam a necessidade de observações continuadas no Atlântico Sul, as quais, em conjunto com modelos numéricos, aumentariam o entendimento de processos necessários para formular previsões climáticas de longo prazo. O CLIV AR alerta para a necessidade de uma rede de monitoramento do Atlântico Sul. Três reuniões do SAMOC foram realizados para propiciar o desenho de um sistema observacional integrado adequado. A hipótese é que mudanças no fluxo de retomo da MOC no Atlântico Sul poderiam impactar significativamente o clima regional e global, e propriedades da MOC no Atlântico Norte. Os objetivos são: (1) caracterizar a media e a variação temporal da MOC, assim como o transporte de sal e calor pela MOC no Atlântico Sul; (2) observar as mudanças nas características de ventilação e as contribuições relativas das diferentes massas de água para a MOC; e (3) contribuir com estudos regionais na avaliação da sensitividade das condições climáticas sul-americanas a variabilidades e alterações na MOC. O programa geral é um esforço colaborativo envolvendo pesquisadores da França, Brasil, EUA, África do Sul, Argentina, Rússia e Alemanha. A França, Brasil, Alemanha e EUA irão prover os principais instrumentos de observação para o arranjo observacional ao longo de 34.5S a linha GoodHope. África do Sul, Rússia, Brasil, Alemanha e Argentina contribuirão com fundos para embarcações e experiência local para os cruzeiros de manutenção e recuperação dos instrumentos. França e Brasil Irão liderar o desenvolvimento de uma estratégia comum de modelos climáticos regionais, capazes de reproduzir variabilidades climáticas em maior resolução espaço-temporal e avaliar a influência da circulação do oceano em mudanças do clima e seus impactos sobre a América do Sul e África. (AU)
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Viagem pioneira
Alpha-Crucis sai para primeiro cruzeiro internacional

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTELLANOS, P.; CAMPOS, E. J. D.; GIDDY, I.; SANTIS, W. Inter-comparison studies between high-resolution HYCOM simulation and observational data: The South Atlantic and the Agulhas leakage system. JOURNAL OF MARINE SYSTEMS, v. 159, p. 76-88, JUL 2016. Citações Web of Science: 0.
CASTELLANOS, PAOLA; PELEGRI, JOSEP L.; CAMPOS, EDMO J. D.; ROSELL-FIESCHI, MIQUEL; GASSER, MARC. Response of the surface tropical Atlantic Ocean to wind forcing. PROGRESS IN OCEANOGRAPHY, v. 134, p. 271-292, MAY 2015. Citações Web of Science: 0.
RODRIGUES, REGINA R.; CAMPOS, EDMO J. D.; HAARSMA, REINDERT. The Impact of ENSO on the South Atlantic Subtropical Dipole Mode. Journal of Climate, v. 28, n. 7, p. 2691-2705, APR 2015. Citações Web of Science: 1.
MEINEN, CHRISTOPHER S.; SPEICH, SABRINA; PEREZ, RENELLYS C.; DONG, SHENFU; PIOLA, ALBERTO R.; GARZOLI, SILVIA L.; BARINGER, MOLLY O.; GLADYSHEV, SERGEY; CAMPOS, EDMO J. D. Temporal variability of the meridional overturning circulation at 34.5 degrees S: Results from two pilot boundary arrays in the South Atlantic. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-OCEANS, v. 118, n. 12, p. 6461-6478, DEC 2013. Citações Web of Science: 13.
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP