FAPESP Logo

LUIGI Pirandello: um teatro para Marta Abba

Pesquisador responsável:

Martha de Mello Ribeiro

Beneficiário:

Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros
Processo: 08/09814-2
Vigência: 01 de fevereiro de 2009 - 31 de janeiro de 2010
Assunto(s):

Dramaturgia

Resumo
O estudo partiu da constatação de que graças à atriz, as duas metades do imaginário feminino pirandelliano, a mãe santa e a prostituta, passam a conviver em uma mesma imagem de mulher, uma figura que ora denominamos vamp virtuosa: uma criatura eroticamente fascinante, mas sexualmente inacessível. Percorrendo a argumentação crítica atual, constatou-se que a produção tardia do escritor é o resultado de um violento intercâmbio, de uma forte influência mútua entre estímulos biográficos e resultado artístico. Confrontando o epistolário Pirandello-Abba com a sua produção teatral, justifica-se a perspectiva autobiográfica presente no teatro de Pirandello do último período. Ao escrever para a atriz, o dramaturgo não poderia deixar de ter em mente a qualidade interpretativa de sua musa inspiradora, esta excepcional intérprete que foi a co-autora do novo perfil feminino desenvolvido pelo autor e, por outro lado, ao individualizar em Marta Abba as criaturas que ele já havia imaginado anteriormente, Pirandello se vê sob o signo de uma "predestinação": a atração física do Maestro por sua intérprete, "filha de sua arte", recupera um antigo fantasma, o tema tabu da escritura pirandelliana: o "fascínio paterno", incestuoso. Pirandello constrói assim um personagem feminino plural e ambíguo, em consonância com os maiores ícones do cinema dos anos trinta, Greta Garbo e Marlene Dietrich, capaz de absorver o estilo "camaleônico" e contraditório de interpretar de Marta Abba, ao mesmo tempo em que é capaz de traduzir e incorporar seu próprio tormento interior: O Personagem-atriz. (AU)

CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP