Auxílio à pesquisa 10/20245-0 - Avaliação da educação, Ensino público - BV FAPESP
Busca avançada
Ano de início
Entree

Educação em territórios de alta vulnerabilidade social de grandes centros urbanos

Processo: 10/20245-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2011 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Pesquisador responsável:Maria Alice Setubal
Beneficiário:Maria Alice Setubal
Instituição-sede: Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados: Anna Helena Altenfelder ; ANTONIO AUGUSTO GOMES BATISTA ; Beatriz Penteado Lomonaco ; Frederica Valle de Queiroz Padilha ; Maria do Carmo Brant de Carvalho ; Mauricio Ernica
Assunto(s):Avaliação da educação  Ensino público  Escola pública  Qualidade da educação  Vulnerabilidade social 

Resumo

Este projeto é o desdobramento de uma investigação que vem sendo realizada desde 2008, primeiro na subprefeitura de São Miguel Paulista (Município de São Paulo) e depois também em Teresina (Piauí). A pesquisa está formulada na inter-relação de duas áreas de estudos: aqueles sobre a dinâmica socioespacial urbana e aqueles sobre a qualidade e equidade da educação pública.Seu objetivo geral é estudar a qualidade da educação pública em áreas de alta vulnerabilidade social de grandes centros urbanos. Seus objetivos específicos são investigar: a) quanto e como a vulnerabilidade social do território em que as escolas se localizam e a vulnerabilidade das famílias dos alunos influenciam a vida escolar e a qualidade da educação escolar; b) como as escolas se organizam como espaços voltados ao ensino e à aprendizagem que atendem a população habitante em áreas de alta vulnerabilidade social; c) os modos como famílias habitantes em territórios de alta vulnerabilidade social se relacionam com e dão sentido à escolarização de seus filhos.Nesta etapa, pretendemos atuar apenas na Zona Leste de São Paulo, realizando: a) a atualização os dados quantitativos com base na Prova Brasil/IDEB 2009; b) a generalização, com controle estatístico, de resultados obtidos no trabalho de campo em escolas, ampliando o território investigado; d) uma investigação de campo junto a famílias, público que ainda não foi estudado. Pretende-se que os resultados da pesquisa possam: a) participar dos debates científicos da área por meio da participação em congressos e da publicação de textos; b) dialogar com um público ampliado por meio de publicações específicas; c) subsidiar propostas de intervenção das instituições promotoras; d) dialogar com formuladores e executores de políticas públicas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.