Busca avançada

A formação de atitudes frente a pessoas com deficiência na educação infantil

Processo: 10/50235-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2011 - 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Marie Claire Sekkel
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/06259-0 - A formação de atitudes frente a pessoas com deficiência na educação infantil, BP.TT
Assunto(s):Educação infantil  Inclusão escolar  Deficientes  Preconceito 

Resumo

Este estudo pretende conhecer os efeitos da convivência em creches e pré-escolas inclusivas sobre a formação das crianças no que diz respeito à aceitação das diferenças, buscando identificar as atitudes e estabelecer uma possível relação entre ter convivido com crianças com deficiência numa creche ou pré-escola inclusiva e o modo de se relacionar com pessoas significativamente diferentes ao longo da vida. A pesquisa será realizada com base numa abordagem qualitativa. Serão realizadas visitas para escolha de creches ou pré-escolas com características de um ambiente inclusivo e serão entrevistados alunos(as) egressos(as) dessas instituições no período de 2003 a 2008 e que freqüentam atualmente o Ensino Fundamental. A análise dos dados será feita com base na Teoria Crítica da Sociedade e tem como pressuposto a relevância dos processos formativos na primeira infância iluminados pelas investigações da psicanálise. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Impacto da educação inclusiva na pré-escola é avaliado em pesquisa