Busca avançada

Geoquímica e palinologica dos micro-organismos fósseis do Subgrupo Irati

Processo: 10/51190-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Setembrino Petri
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Permiano  Gondwana  Palinologia  Geoquímica 

Resumo

Estudos recentes sobre os carbonatos, hidrocarbonetos e microbialitos do Subgrupo Irati (Permiano) têm demonstrado o potencial dos micro-organismos fósseis nas reconstituições ambientais e em pesquisas sobre paleobiologia. Alguns locais e camadas da unidade possuem células bem caracterizadas. Já os criptarcos, que têm natureza mais enigmática, são mais amplamente distribuídos. Apesar das poucas características morfológicas, estes micro-organismos podem revelar importantes informações com implicações no estudo da fonte da matéria orgânica e de processos paleoambientais. Pouco se conhece sobre a afinidade biológica, paleoecologia e diagênese destes organismos. São erroneamente chamados de Botryococcus braunii, que é uma espécie moderna. Freqüentemente são considerados indicadores de águas doces ou com salinidade baixa. Pretende-se investigar os micro-organismos fósseis presentes no sílex e no folhelho do Subgrupo Irati por procedimentos palinológicos, petrográficos e por espectroscopia (Raman e EDX). Combinado com o conhecimento sobre a micropaleontologia e geoquímica orgânica, esta pesquisa elucidará questões como os níveis de salinidade dos corpos d'água onde os criptarcos viviam e a ocorrência de eventuais florações microbianas, elucidando mais a evolução paleoambiental das unidades gondwânica durante o Permiano. (AU)