FAPESP Logo

Avaliação das propriedades farmacológicas de flavonóides e derivados contendo metais de transição

Pesquisador responsável:

Cristina Eunice Okuyama Costa

Beneficiário:

Instituição: Coordenadoria de Pesquisa. Universidade Bandeirantes (UNIBAN). São Paulo, SP, Brasil
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo: 09/00344-6
Vigência: 01 de junho de 2009 - 30 de novembro de 2011
Resumo
Os flavonóides são grupos de compostos polifenólicos encontrados em frutas e vegetais. Essa classe de compostos tem recebido particular atenção por apresentarem uma gama de atividades farmacológicas no tratamento de doenças tais como alergia, diabetes mellitus, câncer, infecções virais, inflamações, dentre outras. As propriedades farmacológicas de muitos fitoterápicos estão associadas à presença de flavonóides. Estudos farmacológicos têm demonstrado que os flavonóides, não glicosilados como a quercetina e o canferol possuem um maior efeito antioxidante e antiinflamatório quando na presença de íons de metais de transição como Fe(II) e Cu(II). O flavonóide rutina (quercetina glicosilada) também demonstrou ser mais eficiente na presença de íons de Fe(II) e Cu(II). Entretanto, estes estudos foram realizados in situ, não sendo isolado nenhum complexo. A obtenção de compostos com atividade antioxidante e antiinflamatória complexados com metais de transição, como o ferro, cobre e o zinco podem ter interessante papel no combate às patologias relacionadas aos danos provocados pelo aumento de radicais livres, como o estresse oxidativo e a aterosclerose. Sendo assim, o objetivo desse trabalho é avaliar uma possível potencialização das atividades biológicas (antioxidante, antiinflamatória e na disfunção endotelial) do flavonóide rutina através da complexação com metais de transição. (AU)

CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP