FAPESP Logo

Análise molecular e morfométrica da variação intraespecífica em populações brasileiras e venezuelanas de Chrysoperla externa (Neuroptera: Chrysopidae)

Pesquisador responsável:

Sérgio de Freitas

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo: 08/05727-8
Vigência: 01 de fevereiro de 2009 - 31 de janeiro de 2011
Assunto(s):

Controle biológico

Neuroptera

Resumo
As espécies de crisopídeos pertencem à Ordem Neuroptera e são caracterizados como vorazes predadores na fase larval e algumas vezes também na fase adulta. Indivíduos adultos são encontrados em vários agroecossistemas e possuem hábitos alimentares diversificados, podendo ser predadores ou se alimentarem de pólen e néctar. As espécies têm sido reconhecidas através da morfologia externa e confirmadas através do estudo do estudo da morfologia das estruturas da genitália do macho. Entretanto, cada vez mais se percebe que o ambiente tem importante papel na seleção natural de populações. As pressões seletivas localizadas atuam sobre as populações evidenciando variações intra-específicas que garantem a sua sobrevivência. Estas variações nem sempre são de fácil reconhecimento. O uso de técnicas moleculares e morfométricas têm ampliado o conhecimento ecológico e sistemático permitindo estudos sobre a estrutura populacional, variação geográfica, relações de similaridade, dentre outros, além da proposição de filogenias. Este trabalho tem por objetivo apresentar as variações intraespecíficas das populações de Chrysoperla externa através do estudo da variação genética e morfométrica em indivíduos de populações de diferentes Estados do Brasil e da Venezuela, para isto serão utilizados dois genes mitocondriais, COI e o 16S rDNA,as regiões ITS1 e ITS2 do DNA nuclear, além dos pontos homólogos "landmarks" nas asas, analisados através da morfometria geométrica. A análise dos resultados poderá fornecer informações importantes para o conhecimento da variabilidade das populações e das sub-populações de Chrysoperla externa, independente do país de origem, permitindo comparações entre todas as populações, e conseqüentemente o estabelecimento de suas relações com o ambiente em que estão alocadas, propiciando o conhecimento do grau de distanciamento genético dentre as sub-populações para o entendimento do processo de diferenciação entre elas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORALES, A. C.; LAVAGNINI, T. C.; FREITAS, S. Loss of Genetic Variability Induced by Agroecosystems: Chrysoperla externa (Hagen) (Neuroptera: Chrysopidae) as a Case Study. Neotropical Entomology, v. 42, n. 1, p. 32-38, FEB 2013.
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP