Busca avançada

Sistemática e tafonomia dos braquiópodes (Rhynchonelliformea) recentes, da plataforma continental brasileira (estados de São Paulo e Rio Grande do Sul) e do Paleógeno da Argentina: implicações paleoecológicas e paleobiogeográficas

Processo: 06/00169-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2006 - 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Marcello Guimarães Simões
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Assunto(s):Paleontologia  Brachiopoda  Evolução  Paleobiogeografia  Paleoecologia  Tafonomia 

Resumo

O presente projeto de pesquisa, de natureza multidisciplinar e relacionado aos projetos FAPESP (00/12659, 02/13552-7) e CNPq (300448/03-1, 557333/2005-9), tratará da sistemática, tafonomia, paleoecologia e paleobiogeografia de braquiópodes recentes (viventes ou subfósseis) encontrados na plataforma brasileira, bem como no talude continental ao longo do estado de São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, incluirá também o estudo de coleção de braquiópodes do Oligoceno Superior (Formação San Julián) da Patagônia, Argentina. Em decorrência de seu amplo escopo, o estudo proposto está subdividido em 04 subprojetos. O subprojeto 01 [Sistemática e (paleo)biogeografia] tem como objetivos principais: (a) estudar, do ponto de vista taxonômico, os Brachiopoda, Rynchonelliformea, ocorrentes em amostras coletadas na plataforma continental, durante o programa Geomar 06, 13, 14 e 17, nos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, (b) estabelecer as afinidades da fauna e compará-la com a fauna de braquiópodes conhecida para outras regiões do Brasil (ES, RJ, SP) e da plataforma Argentina e da região Subantártica e Antártica e (c) determinar os possíveis fatores que limitam a distribuição das espécies identificadas, tanto em termos geográficos, como batimétricos, à moda do estudo de Kowalewski et al. (2002) e Simões et al. (2004). Os subprojetos 02 e 03 (Tafonomia Aplica e Experimental, respectivamnete) têm, respectivamente, como objetivos principais: (a) descrever e categorizar as texturas superficiais das conchas de Bouchardia rosea, encontradas em acumulações superficiais da plataforma interna da região de Ubatuba e Picinguaba, SP; (b) estabelecer os processos e agentes responsáveis pela produção dos diferentes tipos de texturas superficiais; (c) acessar a utilidade da assinatura tafonômica "textura superficial da concha", como possível indicador paleoambiental e na determinação da história post-mortem e tragetória tafonômica do material examinado; (d) entender, através de testes de laboratório e observações de campo (plataforma interna do Estado de São Paulo) o processo de dissolução diferencial de conchas Bouchardia rosea, (e) determinar as taxas e velocidades de dissolução das conchas de Bouchardia rosea, em meio ácido; (f) comparar as texturas superficiais das conchas de braquiópodes, submetidas à dissolução, com as obtidas em campo, procurando estabelecer padrões de alteração úteis às interpretações tafonômicas no registro fóssil e (g) contribuir para o entendimento dos fatores que causam os diferentes tendenciamentos (e.g., desproporção na representação das valvas dorsais e ventrais) observados no registro fóssil Fanerozóico. O subprojeto 04 (Paleoecologia e Evolução) tem como objetivos principais: (a) examinar conchas de Bouchardia zitteli da Formação San Julián (Oligoceno Superior), Argentina e identificar sinais (traços) de perfuração/predação (drill holes and etching traces); (b) descrever os traços em termos de sua morfologia; (c) determinar possíveis estereotipias quanto à posição dos traços/perfurações nas conchas e preferência de perfuração por valva (dorsal ou ventral); (d) estabelecer a freqüência de perfuração para a assembléia estudada, (e) procurar identificar os organsimos produtores, tentando entender a história de interação ecológica entre os táxons, com base nos dados obtidos e de literatura. O cumprimento desses subprojetos auxiliará na obtenção de dados (taxonômicos, tafonômicos e paleoecológicos) que preencherão uma importante lacuna no conhecimento da história natural dos braquiópodes Rhynchonelliformea, especialmente nas regiões subtropicais e temperadas ao longo do Cenozóico. Finalmente, dois dos subprojetos aqui apresentados têm aplicação prática, em Geologia (Subprojeto 02 e em Biologia ou Paleobiologia da Conservação (Subprojeto01). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COELHO RODRIGUES, SABRINA; GUIMARAES SIMOES, MARCELLO. Taphonomy of Bouchardia rosea (Rhynchonelliformea, Brachiopoda) shells from Ubatuba Bay, Brazil: implications for the use of taphonomic signatures in (paleo)environmental analysis. AMEGHINIANA, v. 47, n. 3, p. 373-386, SEP 30 2010. Citações Web of Science: 6.
SIMOES, M. G.; RODRIGUES, S. C.; KOWALEWSKI, M. Bouchardia rosea, a vanishing brachiopod species of the Brazilian platform: taphonomy, historical ecology and conservation paleobiology. HISTORICAL BIOLOGY, v. 21, n. 3-4, p. 123-137, 2009. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.