FAPESP Logo

Avaliação clínica, ultra-sonográfica e radiográfica da articulação femuro-tibio-patelar pós desmotomia patelar medial experimental em equinos

Pesquisador responsável:

Raquel Yvonne Arantes Baccarin

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo: 02/10204-8
Vigência: 01 de fevereiro de 2003 - 31 de janeiro de 2005
Assunto(s):

Patela

Resumo
A fixação dorsal de patela em eqüinos é caracterizada por hiperextensão de um ou ambos os membros pélvicos, resultante do aprisionamento temporário ou permanente da patela na tróclea medial do fêmur. A desmotomia patelar medial é o procedimento mais utilizado dentre os vários tratamentos existentes, apesar de alguns relatos encontrados na literatura reportarem, através de exames radiográficos e artroscópicos, complicações como fratura apical de patela, fragmentação óssea e osteocondrite dissecante. Com o objetivo de identificar e quantificar as possíveis lesões nas diferentes estruturas da articulação fêmuro-tibio-patelar, causadas pela utilização desta técnica cirúrgica, 12 eqüinos adultos hígidos, pesando entre 350 e 450kg, e sem histórico de claudicação serão submetidos à desmotomia patelar medial em um membro pélvico, sendo o membro contralateral utilizado como controle. Os animais serão acompanhados durante 138 dias e avaliados através de exame clínico, ultra-sonográfico, radiográfico, hemograma e análise de liquido sinovial. (AU)

CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP