FAPESP Logo

Compostos de lixo urbano do Município de São Paulo - maturação de compostos - biodisponibilidade de metais pesados - utilização de extratores

Pesquisador responsável:

Jose Carlos Chitolina

Beneficiário:

Instituição: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo: 96/06227-0
Vigência: 01 de novembro de 1996 - 31 de março de 1998
Resumo
Sabendo-se que o principal local de utilização dos compostos para fins agrícolas é o cinturão verde da capital paulista, que as usinas de compostagem do município de S. Paulo operam há, aproximadamente, 20 anos, que em muitos locais do cinturão verde os vegetais são cultivados em meio quase que exclusivamente de compostos,que a sua utilização tem sido questionada pela sociedade em virtude da possibilidade de contaminação de alimentos e águas, principalmente por metais pesados, estudos referentes a estes materiais tornam-se de elevada importância, pois estão inseridos num contexto de desenvolvimento sustentável do ambiente numa sociedade tecnológica. Assim, pretende-se desenvolver o projeto com os objetivos de: a) Avaliar a maturação dos compostos através da CTC e da relação C/N; b) Avaliar a biodisponibilidade de metais pesados diretamente dos compostos por uma cultura; c) Avaliar vários extratores, em função da biodisponibilidade de metais pesados dos compostos para uma cultura. Para tanto, serão utilizados compostos produzidos pelas usinas de S. Mateus e Vila Leopoldina. (AU)

CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP