site da FAPESP
URL curto

Pré-eclâmpsia

Apoio FAPESP em números
4Auxílios à pesquisa em andamento 
38Auxílios à pesquisa concluídos 
9Bolsas no país em andamento 
53Bolsas no país concluídas 
11Bolsas no exterior concluídas 
115 Todos os Auxílios e Bolsas
*Quantidades atualizadas em 03/12/2016
Refinar por
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Área do conhecimento
Instituição
Ano de início
Pré-eclâmpsia em auxílios à pesquisa e bolsas apoiadas pela FAPESP.

Auxílios à pesquisa em andamento (mais recentes)

  • Sistema calicreína cininas no exercício físico e metabolismo, AP.TEM

    Sistema calicreína cininas no exercício físico...

    O sistema calicreína-cininas (SCC) participa de processos inflamatórios, na mediação da dor e controle da pressão arterial. Evidências recentes sugerem o envolvimento desse sistema na modulação do exercício físico, no metabolismo e na obesidade. Tal envolvimento poderia ser em parte mediado pela interação com sistema imune, com o controle glicêmico e homeostase cardiovascular. Para av...

  • O fator Sdf2 na ativação da rede de sinalização via respostas a proteínas mal enoveladas (UPR) na fisiologia e patologia do trofoblasto, AP.R

    O fator Sdf2 na ativação da rede de sinalizaçã...

    Alterações das funções placentárias são conhecidas pelas consequências imediatas para a gestação e feto e, mais recentemente pela possível influência sobre a saúde em longo prazo do recém-nascido. Neste contexto, urge a necessidade de estudos que privilegiem não somente sua estrutura, mas que defina esse órgão biologicamente. De forma única, a placenta desempenha uma ampla diversidade ...

  • Papel do Nrf2 e HO-1 em pré-eclâmpsia: estudo de polimorfismos genéticos, fatores circulantes e ensaios in vitro, AP.R

    Papel do Nrf2 e HO-1 em pré-eclâmpsia: estudo ...

    A pré-eclâmpsia é a principal causa de mortalidade e morbidade entre as gestantes no Brasil e em vários países. A fisiopatologia desta doença é complexa e envolve vários processos. Um destes, amplamente validado na literatura, relaciona-se a um status oxidativo, onde há prevalência de produção de radicais livres e/ou redução da atividade antioxidante. Apesar destas evidências, a suplem...

Ver todos os Auxílios à pesquisa em andamento

Auxílios à pesquisa concluídos (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa concluídos

Bolsas no país em andamento (mais recentes)

  • Transcriptômica em placentas de pacientes portadoras de doença falciforme, BP.DR

    Transcriptômica em placentas de pacientes port...

    As doenças falciformes (DF) constituem um grupo de patologias genéticas que tem como característica comum a presença da hemoglobina (Hb) S, uma proteína mutante que sofre polimerização sob baixas tensões de oxigênio, gerando vaso-oclusão. A obstrução e a lesão do endotélio vascular e dos tecidos causam uma resposta inflamatória que, por sua vez, resulta em um estado inflamatório crônic...

  • Efeito modulador da progesterona, Vitamina D e silibinina em monócitos de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia, BP.DR

    Efeito modulador da progesterona, Vitamina D e...

    A pré-eclâmpsia (PE) é uma síndrome específica da gravidez, caracterizada por hipertensão arterial e proteinúria, identificadas após a 20a semana de gestação. Essa patologia está associada com hiperuricemia, valores séricos elevados de citocinas inflamatórias, ativação de leucócitos e estresse oxidativo. Cristais de ácido úrico (MSU) e hialurona (HA) podem ativar um complexo intracelul...

  • Controle autonômico cardiovascular em camundongos knockout para receptores toll-like 9 com hipertensão induzida por Angiotensina II, BP.PD

    Controle autonômico cardiovascular em camundon...

    O sistema nervoso autônomo modula o sistema imune e a hiperatividade simpática e/ou diminuição da atividade parassimpática levam a processos inflamatórios que afetam o organismo como um todo, inclusive o sistema cardiovascular. O sistema imune está envolvido em diferentes doenças cardiovasculares, especialmente na hipertensão arterial. O sistema imune inato é o maior ativador da respos...

Ver todas as Bolsas no país em andamento

Bolsas no país concluídas (mais recentes)

Ver todas as Bolsas no país concluídas

Bolsas no exterior concluídas (mais recentes)

  • Efeitos do nitrito de sódio e de sua associação ao sildenafil em modelos experimentais de pré-eclâmpsia, BE.PQ

    Efeitos do nitrito de sódio e de sua associaçã...

    A pré-eclâmpsia acomete cerca de 5-8% das gestações, sendo caracterizada pelo aumento da pressão arterial e proteinúria a partir da 20ª semana de gestação. Estas alterações parecem estar, inicialmente, relacionadas à isquemia placentária, provocando insuficiente oxigenação útero-placentária seguida por aumento da liberação de fatores anti-angiogênicos, tais como o sFlt-1 (soluble fms-l...

  • Compreendendo a relação entre a autofagia e atividade do inflamassoma em células de trofoblasto humano, BE.EP.DR

    Compreendendo a relação entre a autofagia e at...

    A autofagia é um processo catabólico intracelular que remove organelas danificadas e proteínas citoplasmáticas, a fim de manter a homeostase celular. No entanto, a autofagia também está envolvida na regulação da função imunológica. Duas doenças maternas distintas, a síndrome antifosfolípide (aPL) e a diabetes, estão associados com o estado inflamatório da placenta e são fatores de risc...

  • Atividade biológica de células apresentadoras de antígeno em gestações normais e com pré-eclâmpsia, BE.PQ

    Atividade biológica de células apresentadoras ...

    Introdução A interação materno-fetal e os possíveis mecanismos imunológicos de tolerância envolvidos na supressão e na expressão de determinadas respostas durante a gravidez ainda são pouco explorados. A membrana basal da placenta humana é a porção de tecido materno em contato mais íntimo com tecido fetal e parece estar repleta de células de origem imune (imunidade inata e adquirida). ...

Ver todas as Bolsas no exterior concluídas

Mapa da distribuição do fomento por município do Estado de São Paulo Pré-eclâmpsia