site da FAPESP
URL curto

Queratinócitos

*Quantidades atualizadas em 18/10/2014
Refinar por
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Área do conhecimento
Instituição
Queratinócitos em auxílios à pesquisa e bolsas apoiadas pela FAPESP.

Auxílios à pesquisa em andamento (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa em andamento

Auxílios à pesquisa concluídos (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa concluídos

Bolsas no país em andamento (mais recentes)

  • Relação dos fatores imunogenéticos e ambientais na etiopatogênese dos pênfigos em amostragem brasileira, BP.PD

    Relação dos fatores imunogenéticos e ambientai...

    Os pênfigos caracterizam-se pela presença de autoanticorpos IgG contra proteínas da família das caderinas, responsáveis pela adesão dos queratinócitos. Enquanto o pênfigo vulgar (PV) afeta pele e mucosas pela produção de autoanticorpos contra desmogleína (Dsg) 1 e Dsg3, respectivamente, o pênfigo foliáceo (PF) acomete exclusivamente a pele, e apresenta somente anticorpos anti-Dsg1. Cla...

  • Aspectos moleculares da responsividade ao microRNA-34a de linhagens humanas de melanoma e queratinócitos não tumorigênicos, BP.DR

    Aspectos moleculares da responsividade ao micr...

    Apesar do avanço na medicina, ainda existe a dificuldade de diagnóstico acurado e tratamento eficaz para melanomas. A identificação de microRNAs associados a sobrevivência e potencial metastático de tumores incentivou a investigação da função, como supressores de tumor, desses microRNAs. Dados obtidos em nosso laboratório, reforçados pela literatura, apontam os aspectos moleculares do ...

  • Caracterização de um cimento de ionômero de vidro contendo produtos naturais: estudos in vitro e in vivo, BP.PD

    Caracterização de um cimento de ionômero de vi...

    O objetivo deste estudo é incorporar compostos de origem natural (flavonoides, terpenoide e benzofenona), com atividade antimicrobiana, ao cimento de ionômero de vidro (CIV) e avaliar: 1) sua estabilidade química, propriedades antibacteriana, biológicas e mecânicas de ação, in vitro; e 2) o potencial anticárie em modelo animal. A avaliação da estabilidade química será realizada por HPL...

Ver todas as Bolsas no país em andamento

Bolsas no país concluídas (mais recentes)

Ver todas as Bolsas no país concluídas

Bolsa no exterior em andamento (mais recentes)

  • Desenvolvimento de modelo de cultura de células 3D de mucosa oral para estudos in vitro, BE.EP.PD

    Desenvolvimento de modelo de cultura de célula...

    Diversos estudos in vitro avaliaram os processos de reparo da mucosa oral. Até o momento, a maioria destes estudos foi realizara utilizando modelos de cultura celular bidimensionais, em que as células são semeadas em monocamada. Estes estudos apresentaram grandes contribuições para a elucidação do comportamento celular em condições fisiológicas e patológicas. Porém, o modelo de cultura...

Bolsas no exterior concluídas (mais recentes)

  • Estudos in vitro do potencial de stress oxidativo e de imunotoxicidade dos corantes basic red 51 e basic yellow 57 em queratinócitos humanos, BE.EP.DR

    Estudos in vitro do potencial de stress oxidat...

    Atualmente, o uso de corantes sintéticos para cabelos é imenso, muitos desses corantes pertencem ao grupo azo (-N=N-). É conhecido que algumas aminas aromáticas usadas na preparação, ou formadas durante o processo de oxidação parcial destes corantes pela quebra do grupo azo (-N=N-) são compostos biologicamente ativos, que podem ser absorvidos percutaneamente podendo levar à toxicidade ...

  • Arrabidade chica Verlot: produção e caracterização de nanopartículas, filmes e esponjas, BE.EP.DR

    Arrabidade chica Verlot: produção e caracteriz...

    A espécie vegetal Arrabidaea chica (Humb.&Bonpl.) Verlot é nativa da América tropical e utilizada popularmente para enfermidades de pele. O efeito cicatrizante do extrato de A. chica sobre a proliferação de fibroblastos e a estimulação da produção de colágeno, comprovado em estudos desenvolvidos no CPQBA-Unicamp, caracteriza-se como uma alternativa promissora desta espécie para utiliza...

  • Avaliação da influência de materiais reembasadores resilientes na integrina alfa 5 beta 1 de queratinócitos, BE.EP.DR

    Avaliação da influência de materiais reembasad...

    Os materiais reembasadores resilientes têm sido utilizados em áreas de tecidos ulcerados e inflamados pela ação mecânica de próteses mal adaptadas, em próteses obturadoras após cirurgias maxilo-faciais, em casos que apresentam áreas recém operadas, regiões com lesões crônicas, trauma na mucosa bucal, bruxismo, pacientes com avitaminoses ou doenças debilitantes e em próteses imediatas o...

Ver todas as Bolsas no exterior concluídas

Mapa da distribuição do fomento por município do Estado de São Paulo Queratinócitos

Histórico do fomento, por ano de inícioQueratinócitos

Projetos de pesquisa vigentes por anoQueratinócitos