site da FAPESP
URL curto

Queratinócitos

Apoio FAPESP em números
13Auxílios à pesquisa em andamento 
67Auxílios à pesquisa concluídos 
18Bolsas no país em andamento 
107Bolsas no país concluídas 
2Bolsas no exterior em andamento 
9Bolsas no exterior concluídas 
216 Todos os Auxílios e Bolsas
*Quantidades atualizadas em 03/12/2016
Refinar por
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Área do conhecimento
Instituição
Ano de início
Queratinócitos em auxílios à pesquisa e bolsas apoiadas pela FAPESP.

Auxílios à pesquisa em andamento (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa em andamento

Auxílios à pesquisa concluídos (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa concluídos

Bolsas no país em andamento (mais recentes)

  • Avaliação de efeitos tóxicos locais na epiderme decorrentes da exposição a corantes utilizados em tinturas capilares, BP.DD

    Avaliação de efeitos tóxicos locais na epiderm...

    A utilização exacerbada de animais na pesquisa científica culminou no surgimento do "conceito dos 3 erres" (do inglês, reduction, refinement, replacement), que levou àa tendência quanto a aceitação foi global e diversos laboratórios de referência foram criados. Quanto ao Brasil, a aceitação dos métodos alternativos propostos pelo laboratório de referência da União Europeia ocorrera no ...

  • Estudo genético da superexpressão de LEKTI em modelo experimental de câncer de cabeça e pescoço, BP.PD

    Estudo genético da superexpressão de LEKTI em ...

    O câncer de cabeça e pescoço compreende predominantemente carcinomas de células escamosas e acomete a cavidade oral, laringe e faringe. O carcinoma de cabeça e pescoço (HNSCC) é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e acomete cerca de 550.000 pacientes ao ano. A matriptase, uma protease da família das serino proteases transmembranas do tipo II, induz a transformação maligna, quand...

  • Estudo da via de sinalização da serino protease TMPRSS11A através do estudo de camundongos geneticamente modificados, BP.IC

    Estudo da via de sinalização da serino proteas...

    A serino protease TMPRSS11A (DESC3), pertencente à família recém-descoberta HAT/DESC de serino proteases transmembrana do tipo II (TTSPII), está deletada/mutada em, respectivamente, 4% dos cânceres de colo de útero e 2% dos cânceres de boca (obtido na base de dados cBioPortal). Entretanto, pouco se sabe sobre esta enzima. Porém, em John P. Hobson et. al. (JBC Papers, 2004) observou que...

Ver todas as Bolsas no país em andamento

Bolsas no país concluídas (mais recentes)

Ver todas as Bolsas no país concluídas

Bolsas no exterior em andamento (mais recentes)

Bolsas no exterior concluídas (mais recentes)

  • Desenvolvimento e caracterização de modelo de dermatite atópica in vitro, BE.EP.DR

    Desenvolvimento e caracterização de modelo de ...

    A dermatite atópica (DA) é uma condição inflamatória crônica da pele cada vez mais comum, afetando 15-30% das crianças nos países industrializados e possuindo uma grande necessidade não atendida de terapias eficazes. DA é considerada uma doença com resposta celular tipo TH2 caracterizada pela super expressão de citocinas pró-inflamatórias, tais como IL-4, IL-13 e IL-25. Poumay e colega...

  • Desenvolvimento de modelo de cultura de células 3D de mucosa oral para estudos in vitro, BE.EP.PD

    Desenvolvimento de modelo de cultura de célula...

    Diversos estudos in vitro avaliaram os processos de reparo da mucosa oral. Até o momento, a maioria destes estudos foi realizara utilizando modelos de cultura celular bidimensionais, em que as células são semeadas em monocamada. Estes estudos apresentaram grandes contribuições para a elucidação do comportamento celular em condições fisiológicas e patológicas. Porém, o modelo de cultura...

  • Estudos in vitro do potencial de stress oxidativo e de imunotoxicidade dos corantes basic red 51 e basic yellow 57 em queratinócitos humanos, BE.EP.DR

    Estudos in vitro do potencial de stress oxidat...

    Atualmente, o uso de corantes sintéticos para cabelos é imenso, muitos desses corantes pertencem ao grupo azo (-N=N-). É conhecido que algumas aminas aromáticas usadas na preparação, ou formadas durante o processo de oxidação parcial destes corantes pela quebra do grupo azo (-N=N-) são compostos biologicamente ativos, que podem ser absorvidos percutaneamente podendo levar à toxicidade ...

Ver todas as Bolsas no exterior concluídas

Mapa da distribuição do fomento por município do Estado de São Paulo Queratinócitos