site da FAPESP
URL curto

Queratinócitos

Apoio FAPESP em números
13Auxílios à pesquisa em andamento 
67Auxílios à pesquisa concluídos 
21Bolsas no país em andamento 
106Bolsas no país concluídas 
2Bolsas no exterior em andamento 
9Bolsas no exterior concluídas 
218 Todos os Auxílios e Bolsas
*Quantidades atualizadas em 14/01/2017
Refinar por
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Área do conhecimento
Instituição
Ano de início
Queratinócitos em auxílios à pesquisa e bolsas apoiadas pela FAPESP.

Auxílios à pesquisa em andamento (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa em andamento

Auxílios à pesquisa concluídos (mais recentes)

Ver todos os Auxílios à pesquisa concluídos

Bolsas no país em andamento (mais recentes)

Ver todas as Bolsas no país em andamento

Bolsas no país concluídas (mais recentes)

Ver todas as Bolsas no país concluídas

Bolsas no exterior em andamento (mais recentes)

Bolsas no exterior concluídas (mais recentes)

  • Desenvolvimento e caracterização de modelo de dermatite atópica in vitro, BE.EP.DR

    Desenvolvimento e caracterização de modelo de ...

    A dermatite atópica (DA) é uma condição inflamatória crônica da pele cada vez mais comum, afetando 15-30% das crianças nos países industrializados e possuindo uma grande necessidade não atendida de terapias eficazes. DA é considerada uma doença com resposta celular tipo TH2 caracterizada pela super expressão de citocinas pró-inflamatórias, tais como IL-4, IL-13 e IL-25. Poumay e colega...

  • Desenvolvimento de modelo de cultura de células 3D de mucosa oral para estudos in vitro, BE.EP.PD

    Desenvolvimento de modelo de cultura de célula...

    Diversos estudos in vitro avaliaram os processos de reparo da mucosa oral. Até o momento, a maioria destes estudos foi realizara utilizando modelos de cultura celular bidimensionais, em que as células são semeadas em monocamada. Estes estudos apresentaram grandes contribuições para a elucidação do comportamento celular em condições fisiológicas e patológicas. Porém, o modelo de cultura...

  • Estudos in vitro do potencial de stress oxidativo e de imunotoxicidade dos corantes basic red 51 e basic yellow 57 em queratinócitos humanos, BE.EP.DR

    Estudos in vitro do potencial de stress oxidat...

    Atualmente, o uso de corantes sintéticos para cabelos é imenso, muitos desses corantes pertencem ao grupo azo (-N=N-). É conhecido que algumas aminas aromáticas usadas na preparação, ou formadas durante o processo de oxidação parcial destes corantes pela quebra do grupo azo (-N=N-) são compostos biologicamente ativos, que podem ser absorvidos percutaneamente podendo levar à toxicidade ...

Ver todas as Bolsas no exterior concluídas

Linha de fomento

Auxílios + Bolsas: Acumulado dos anos

Selecione o ano

Mostrar os anos em sequência

Série histórica