Busca avançada

Relatório de Reunião - 11.04.2007

Relatório da 1ª Reunião da Comissão Consultiva da Biblioteca Virtual da FAPESP

Data: 11 de abril de 2007

Local: FAPESP

Participantes: Abel Packer, Ernesto Spinak, Claudia Guzzo, Ana Maria C. de Araújo, Marcos Mori, Diego Ucha (BIREME);

Rosaly Favero Krzyzanowski, Inês Imperatriz, Thais Morais, Sônia Piolli, Fabiana Pereira (BV/CDi);

Milena Ramos (FAPESP. indica);

Demi Gotschko, Heitor Shimizu e Rosane Tahrun (Comissão Consultiva da BV).

1. Agenda proposta pelo CDi/FAPESP

a. Apresentação das equipes técnicas, tanto da BIREME como da FAPESP, à Comissão Consultiva da BV/FAPESP;

b. Apresentação da BV/FAPESP ( panorama histórico da BV e sua situação atual);

c. Exposição sobre a estrutura da BV: página principal, fontes de informação e demais espaços de navegação, modelos de registros, recursos agregados;

d. Espaço para discussão. 

2. Apresentação sobre a BV

Rosaly iniciou a apresentação com pequeno histórico sobre a criação da BV e suas funcionalidades. Com referência ao histórico, a partir da Política Nacional de Memória da C e T de 2003, foi impulsionada a criação da BV/CDi/FAPESP. Por solicitação do Professor Francisco Romeu Landi, diretor presidente da FAPESP, naquela ocasião, foi elaborado o projeto do CDi, incluindo a construção da sua Biblioteca Virtual, com metodologia BVS, da BIREME/OPS/OMS. Em 21 de outubro de 2003, foi realizada uma primeira apresentação do projeto na FAPESP, com a participação do Diretor da BIREME, do Presidente da Fundação, das diretorias e gerências que posteriormente estariam, direta ou indiretamente, envolvidas no projeto. Nesta data o projeto foi aprovado para a sua implantação em 2004.

Rosaly apresentou dados referentes a implementação da BV em parceria com a BIREME/OPAS/OMS e contando com a participação do Labjor - Laboratório de Jornalismo Científico da UNICAMP, na base FAPESP na Mídia, constante da BV.

Além disso, apresentou informações sobre o fluxo de projetos aprovados pela FAPESP, a partir do qual, foram definidas rotinas internas da BV para obtenção e registro das informações, referentes à produção científica decorrente dos mesmos.

Numa primeira fase (out. 2004 - abr. 2005), foram utilizados formulários impressos enviados pelos beneficiários e participantes dos projetos, contendo dados desta produção. Este envio foi descontinuado, a partir de decisão interna do CTA e deverá ser substituído por rotinas interativas on-line com o programa SAGe, conforme planejamento inicial da BV.

A seguir, Rosaly fez uma apresentação da BV/FAPESP, utilizando recursos e funcionalidades, destacando o resultado da customização necessária para os documentos em C&T, integrantes da BV (por exemplo: os Projetos e Programas de Inovação Tecnológica, Patentes, Honrarias e Homenagens e outros). Mencionou algumas etapas já cumpridas e outras em andamento (interação com: Plataforma Lattes, base ScienTi e Sistema SAGe), para as quais solicitou sugestões aos presentes, ao finalizar a apresentação.

3. Sugestões e observações dos participantes

De modo geral, o trabalho realizado na BV foi apreciado pelos participantes, que apresentaram algumas sugestões e observações.

3.1 Plataforma Lattes – Mori e Abel informaram que em 10 de abril, a Plataforma Lattes foi liberada pela CNPq para utilização pela BV/CDi, com objetivo de compor os registros nas bases, porém aguardam o processamento dos dados na BIREME,  para sua disponibilização.

3.2 Sistema SAGe – o Prof. Demi ressaltou a importância da BV/CDi poder interagir  com o SAGe, para facilitar o trabalho de inserção e atualização de dados nas bases da BV.

3.3 Símbolos da BV – Heitor pergunta sobre o símbolo $, utilizado na BV para truncamento e busca completa em cada base de dados. A partir dos esclarecimentos e sugestões do Abel sobre esta questão, deverão ser analisadas algumas possibilidades para facilitar ao usuário as opções de busca na página inicial de cada base. 

3.4 Inclusão de novos tipos de documentos na BV – Abel fez considerações sobre a massa crítica significativa da BV e o seu futuro papel diferenciado no acesso à informação especializada em C&T. Sugeriu agregar documentos, tais como: cartazes, fotografias, imagens e vídeos como parte desta construção.

3.5 Implementação de funcionalidades – Abel sugeriu: a) implementar na SciELO um recurso que permita ao pesquisador ter acesso direto à BV, quando se tratar de produto de projeto desenvolvido com apoio FAPESP e constante da SciELO; b) indexar todo o conteúdo da BV no Google, além das páginas da BV, que já estão indexadas neste motor de busca. Heitor solicitou que a coluna em formato RSS fique mais distanciada da margem esquerda da página principal da BV. Sugeriu ainda, que as novas páginas abertas a partir dos links encontrados na BV, sejam independentes, com vistas a facilitar a navegação sem sair da BV, evitando, assim, interromper o fluxo de consulta. 

3.6 Interatividade e marketing – Rosane sugeriu atenção para a interatividade e o marketing do trabalho que está sendo realizado. Considerou que a BV já pode fornecer informações relevantes para estudos sobre a produção científica oriunda de projetos apoiados pela FAPESP (por exemplo: identificação de temas mais freqüentes entre outros). A propósito do marketing foi ressaltada por Ana Maria a dificuldade em receber respostas aos contatos feitos com as instituições, cujos websites constam da página Sites em C & T, da BV. Cláudia ressaltou a importância de apresentar a BV para as outras FAP’s do Brasil, o que vai contribuir para o crescimento, retroalimentação e troca de informações.

3.7 Servidor da BV na FAPESP – Prof. Demi perguntou sobre a localização do servidor com as informações da BV. Rosaly esclareceu que até o momento essas informações se encontram armazenadas no servidor da BIREME, em razão das implementações em andamento. Acredita, porém, que em breve as informações poderão ser migradas para o servidor da BV, já adquirido pela FAPESP e que está instalado no CPD.

3.8 Base FAPESP. Indica – Prof. Demi perguntou sobre a Base de indicadores e a possível interação com a BV. Rosaly ressaltou que a proposta está em fase inicial de análise com a BIREME, para definição de procedimentos que possibilitem a indexação e busca de forma interativa com as demais fontes de informação da BV.

3.9 Patentes – Cláudia sugeriu que no caso de mais de uma patente como produto de um projeto, tenha registro único, com links para as bases de dados onde estão registradas essas patentes.

3.10 Áreas do conhecimento e descritores – Rosaly esclareceu sobre a necessidade de acrescentar nos registros o rótulo referente às áreas do conhecimento separado dos descritores, para atendimento  às necessidades da FAPESP.

3.11 Outras considerações – Spinak observou sobre os avanços já obtidos pela BV e os trabalhos de implementação realizados. Cláudia lembrou que a partir do trabalho da BIREME com a BV, foi aberta uma linha de BVS institucionais, por exemplo: Instituto Moreira Salles e outras; Rosaly complementa que possivelmente será desenvolvida com a metodologia BVS, a BV do Memorial da América Latina (entendimentos iniciais em andamento).

Finalizadas as sugestões e observações, Rosaly informou que a partir do aval da Comissão Consultiva, pretende apresentar a BV ao CTA e ao Conselho Superior da FAPESP. A partir de então, poderão ser programadas apresentações para outras FAP’s e instituições externas à Fundação.