site da FAPESP
FAPESP na Mídia

Publicado em: G1 (Campinas e Região) em 10 de Julho de 2017

Pesquisador inicia teste de app que ajuda a encontrar animais perdidos e prevê lançamento no fim do ano

Tecnologia, testada em Vinhedo (SP), permite que a população cadastre informações dos bichos de estimação e quem encontrá-los na rua pode enviar fotos para reconhecimento facial.

Um aplicativo criado para identificar animais perdidos começou a ser testado em Vinhedo (SP). O projeto, idealizado por um pesquisador de Campinas (SP) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), possibilita que o dono cadastre o bicho de estimação na ferramenta e, se alguém encontrá-lo perdido, pode enviar uma foto para que o app faça o reconhecimento facial.

A previsão é que o aplicativo, disponível gratuitamente apenas para o sistema operacional Android, esteja disponível até o final do ano. De acordo com o pesquisador Fábio Rogério Piva, a tecnologia vai reunir as informações básicas dos animais para que eles sejam encontrados. O projeto está sendo testado em três lugares de Vinhedo.

“Estamos executando os pilotos e a ideia é que o aplicativo esteja disponível para todo mundo até o final do ano. Ele é gratuito e colaborativo. Todo mundo pode se cadastrar e enviar fotos e informações sobre os animais. A ideia é que as pessoas colaborem com fotos e não com dinheiro”, disse o idealizador do CrowdPet.

A linha de crédito utilizada pela Fapesp para financiar o projeto foi de até R$ 200 mil. O aplicativo reconhece apenas fotos de cães e gatos e identifica, através de GPS, onde o animal foi encontrado.

Por Jornal da EPTV 1ª Edição

Fonte: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/pesquisador-inicia-teste-de-app-que-ajuda-a-encontrar-animais-perdidos-e-preve-lancamento-no-fim-do-ano.ghtml